ERA UMA VEZ UMA PROMESSA?



Berlenga a caminho do desenvolvimento sustentável. De modo a dotar a Ilha da Berlenga de capacidades de geração e armazenamento de energia a partir de fontes renováveis (eólica e fotovoltaica), bem como de produção de água potável e tratamento de águas residuais e resíduos sólidos, pretende-se implementar na Berlenga uma solução integrada e inovadora de um moderno conjunto de tecnologias actualmente disponíveis no mercado. Para o plano de investimentos, que poderá atingir os 2 milhões de euros, o Município de Peniche irá afectar 120 mil euros esperando-se que a este primeiro impulso se associem outras entidades.”

Em 03 de Setembro de 2006 o Secretário de Estado do Ambiente, Prof. Dr. Humberto Rosa, prometeu e um grupo de parceiros secundou. Vamos para quatro anos e continuamos à espera de ver algo de positivo sobre o assunto, dado que os doze painéis ali instalados, para televisão ver, estão inoperantes.

Os Parceiros - _Centro Para Prevenção da Poluição – C3P (com apoio da NASA e ITB); Instituto de Soldadura e Qualidade – ISQ; Energias de Portugal – EDP; Câmara Municipal de Peniche; Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade – ICNB; INESC Porto; INETI; EFACEC; Águas de Portugal – AdP; Direcção de Faróis – Marinha; GALP Energia.

Comentários

  1. O nome de Peniche cada vez esta mais desacreditado pelos vendelhoes do templo - nao escrevi com letra grande para nao confundir com outro Templo - .
    Alguem se acredita nas bandeiras azuis nas promessas da banha da cobra que nos sao impingidas pela banha da cobra no nosso dia a dia . Quando havera novamente decoro nesta tao maltratada Terra ?
    Como agora e ' carnaval aceita-se tudo
    E' FARTAR VILANAGEM
    Esta na forja um Manifesto para todo o Mundo e arredores ficarem a saber todas as desvergonhas que andam por ai .
    Quando o mar esta' revoltado toda a sugisse vem ao de cima .

    ResponderEliminar
  2. PODE-SE VER NESTE VIDEO.

    http://www.youtube.com/watch?v=_Cj1aq4KCvk

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Este blogue não responde a comentários anónimos e apenas responde a perguntas dos comentadores.