SEM SIZA MAS COM SISO, VAMOS SALVAGUARDAR O INTERESSE DA NOSSA TERRA!


Voltamos a ter entre mãos a solução da ocupação do espaço da nossa Fortaleza.
O imaculado Siza zangou-se com o Grupo Pestana, ao que nos parece, porque o citado grupo não lhe terá feito as encomendas que pretendia. Então, por isso, a ideia que tinha da utilidade de construção de uma pousada na fortaleza, parece que faleceu. A quem tem a responsabilidade de resolver o problema só resta procurar a alternativa junto de quem possa ajudar a encontrar uma solução que contemple os interesses em jogo e, muito em especial, salvaguarde a conveniência da nossa terra. Por isso se apela ao siso porque o Siza já lá vai. Mais uma vez se verifica a falta que faz o tal plano de ordenamento e ocupação do nosso monumento, onde todas estas situações já deviam estar contempladas.

Comentários

Enviar um comentário

Este blogue não responde a comentários anónimos e apenas responde a perguntas dos comentadores.