Carlos Sá mantém-se à frente da administração dos hospitais da região


“Carlos Sá, que desde 2010 presidia ao Conselho de Administração do Centro Hospitalar Oeste Norte, vai ficar à frente da administração do Centro Hospitalar do Oeste (CHO). A decisão do Ministério da Saúde foi publicada em Diário da República na passada terça-feira, dia 20 de Novembro, mais de dois meses depois da criação do novo centro hospitalar que junta as unidades de Alcobaça, Caldas da Rainha, Peniche e Torres Vedras. Segundo a Gazeta das Caldas.

Nota pessoal – Não me parece uma boa notícia no que respeita ao nosso hospital, a avaliar pelo que foi a actuação deste senhor nas fases anteriores. Aguardemos os próximos capítulos.

Para mais elementos fica o caminho:
http://www.gazetacaldas.com/27338/carlos-sa-mantem-se-a-frente-da-administracao-dos-hospitais-da-regiao/

Um milhão de euros do programa Promar aprovados para financiar projetos na região Oeste




Peniche, 22 nov (Lusa) - Vinte e quatro projetos ligados ao mar e à pesca dos 33 candidatos ao Programa Operacional das Pescas (Promar) na região Oeste obtiveram um milhão de euros de financiamento, anunciou hoje a entidade regional gestora dos fundos.
O Grupo de Ação Costeira do Oeste, entidade que gere os fundos do programa e que funciona na Associação para o Desenvolvimento de Peniche (Adepe) revelou que está prevista a atribuição de 1,1 milhões de euros de investimento na região nos próximos dois anos.
Das 32 candidaturas apresentadas, 24 foram aprovadas e vão receber um milhão de euros de financiamento do Promar, integrado no Fundo Europeu das Pescas 2007-2013.

PENICHE VAI TER A OPORTUNIDADE DE PAGAR DÍVIDAS EM ATRAZO A FORNECEDORES


“ Peniche vai receber 3,3 milhões de euros e Óbidos beneficia de um empréstimo de 3,8 milhões de euros.
Os empréstimos obtidos no âmbito do PAEL deverão ser pagos pelas autarquias num prazo máximo de 14 anos, mas as autarquias ficam obrigadas a cumprir um conjunto de medidas de restrição de custos, sendo multadas caso o seu endividamento aumente durante esse período.”

NOTA PESSOAL – Quer isto dizer que quem vier a governar a câmara terá que pagar as dívidas que contraímos, nos próximos 14 anos.

Para mais esclarecimento aqui fica o caminho:
http://www.gazetacaldas.com/27282/cinco-municipios-do-oeste-vao-receber-155-milhoes-de-euros-do-programa-de-apoio-a-economia-local/


IPL – Campus do Mar


Uma das razões para o Campus do Mar assinar um acordo com o Instituto Politécnico de Leiria é "a maior concentração de talentos na Europa" para a investigação marinha. Isto foi feito para promover projectos de colaboração entre as duas instituições, sob a bandeira do Campus de Excelência Internacional. Após a assinatura do acordo, o vice-reitor da Universidade de Vigo Sr. Salustiano Mato disse que "está dentro de nossa abordagem estratégica para o Campus do Mar para representar agrupamento da euro região de I & D e para converter a Península Ibérica em uma força motriz da pesquisa marinha europeia".
Colaboração de longo prazo, tal surgiu a partir da idéia de unir forças para fortalecer o nosso potencial no ensino, pesquisa, inovação tecnológica e transferência de conhecimento dentro de um sector económico que é de vital importância para a sua localização geográfica. "Nós temos um monte de coisas em comum com a Espanha e região da Galiza, sendo um deles o mar. Este acordo é um potencial enorme de pontos económicos  estratégicos e do ponto de vista científico ", disse o vice-presidente do Instituto Politécnico de Leiria. Um dos centros desta instituição Portuguesa é especificamente orientado para "o estudo de questões baseadas em mar e esta colaboração é de especial relevância científica e pedagogicamente, pois estaremos realizando diferentes projectos em conjunto", acrescentou.

Estudo no Campus do Mar
Campus do Mar pretende se tornar uma das forças motrizes do crescimento e desenvolvimento da sociedade, formando profissionais de nível superior para os níveis elevados de produtividade e competitividade. Os centros de ensino deste Campus de Excelência Internacional na área marinha estão fazendo esforços em curso para melhorar a sua oferta e actividade de ensino, através da melhoria de aspectos básicos, como infraestruturas e equipamentos, bem como serviços de gestão académica.
Actualmente, as sete universidades que compõem o Campus do Mar oferecem um total de 277 programas de pós-graduação, 578 cursos de mestrado e 229 programas de doutoramento. Esta ampla gama de programas de estudo nos dá uma idéia da força do agrupamento.

Nota pessoal – Esta ligação mais efectiva da nossa escola aos aspectos científicos do mar deixa-me a esperança de que possa evoluir para a formação dos futuros homens do mar, no sentido de poder vir a integrar e até liderar a mexida que o sector das pescas, na nossa cidade, precisa, para que possa renascer mais fortalecido e conscientemente modernizado.

CASA MORTUÁRIA


CÂMARA MUNICIPAL DE PENICHE INICIA TRABALHOS DE CONSTRUÇÃO DA CASA MORTUÁRIA ADJACENTE AO CEMITÉRIO DE PENICHE

"Na próxima segunda-feira, dia 19 de Novembro, a Câmara Municipal de Peniche irá dar início aos trabalhos de construção da Casa Mortuária adjacente ao cemitério municipal. O equipamento, há muito desejado pela população, localizar-se-á na freguesia de Nossa Sr.ª da Conceição, no Concelho de Peniche, adjacente ao cemitério existente."

Trata-se de uma carência da nossa cidade cuja solução tardava.
Para mais pormenores aqui fica o caminho:
http://www.cm-peniche.pt/News/newsdetail.aspx?news=0a303c71-ab4b-4280-9993-09be9ff1dfa1

CHEGA DE ESTUPIDEZ DEMAGÓGICA

HOJE NÃO VENHO ANUNCIAR QUALQUER RECOLHA DE ALIMENTOS PROMOVIDA PELO BANCO ALIMENTAR, HOJE VENHO VERBERAR A ATITUDE DOS ACÉFALOS DEMAGOGOS DO BLOCO DE ESQUERDA, QUE EM REUNIÃO NO SEU COVIL INSULTARAM A PESSOA DA PRESIDENTE DO BANCO ALIMENTAR, ISABEL JONET. O PAÍS SABE COM QUEM PODE CONTAR.

Armadores de Peniche acusam Marinha de prejudicar atividade com fiscalizações contra lei




"Peniche, 06 nov (Lusa)- A Associação Mútua dos Armadores de Peniche (AMAP), representativa das embarcações de cerco locais, acusou hoje a Marinha de prejudicar a produtividade da faina com fiscalizações que desrespeitam a atividade e a lei comunitária.
Humberto Jorge, presidente da AMAP, explicou que a fiscalização feita a uma embarcação pela corveta João Coutinho "inviabilizou a pesca a sete, obrigando-as a regressar a terra".
"A fiscalização acabou por prejudicar gravemente a atividade económica, pois sete das 14 embarcações acabaram por regressar a terra sem pescado", disse."

Ler mais: http://visao.sapo.pt/armadores-de-peniche-acusam-marinha-de-prejudicar-atividade-com-fiscalizacoes-contra-lei=f695207#ixzz2BXne89BD


Nota pessoal - Qualquer cidadão pensa que o dever da marinha é a ajuda ao normal desenvolvimento das actividades económicas, até porque é com o dinheiro assim gerado que os marinheiros recebem o ordenado.
A ser verdade o que a notícia transcreve parece que no reino da marinha o mais importante é demonstrar a sua autoridade. E, digo eu, se a AMAP movesse uma acção junto das entidades judiciais, de cá ou da Europa, a exigir indemnização por perdas prováveis? 

NOVEMBRO MÊS DO MAR 2012 - PENICHE É MAR!


A nossa câmara procura realçar a estreita ligação que Peniche tem com o mar estabelecendo para este mês um alargado programa de evidências, que aqui pode consultar, onde julga que vale a pena reflectir. Para isso  convida todos interessados a estar presentes nas várias iniciativas. Numa análise pessoal acho estranho que não seja abordada a problemática das pescas, dá a sensação que,de duas uma, ou se tem a noção de que tudo está bem ou, provavelmente, se tem algum calcanhar de Aquiles que leva a que o tema não seja considerado importante e, digo eu, até imprescindível que seja bem pensado urgentemente. 

QUE SAUDADE!!!!!!!

Cartão de Visita do Facebook