Armadores de Peniche acusam Marinha de prejudicar atividade com fiscalizações contra lei




"Peniche, 06 nov (Lusa)- A Associação Mútua dos Armadores de Peniche (AMAP), representativa das embarcações de cerco locais, acusou hoje a Marinha de prejudicar a produtividade da faina com fiscalizações que desrespeitam a atividade e a lei comunitária.
Humberto Jorge, presidente da AMAP, explicou que a fiscalização feita a uma embarcação pela corveta João Coutinho "inviabilizou a pesca a sete, obrigando-as a regressar a terra".
"A fiscalização acabou por prejudicar gravemente a atividade económica, pois sete das 14 embarcações acabaram por regressar a terra sem pescado", disse."

Ler mais: http://visao.sapo.pt/armadores-de-peniche-acusam-marinha-de-prejudicar-atividade-com-fiscalizacoes-contra-lei=f695207#ixzz2BXne89BD


Nota pessoal - Qualquer cidadão pensa que o dever da marinha é a ajuda ao normal desenvolvimento das actividades económicas, até porque é com o dinheiro assim gerado que os marinheiros recebem o ordenado.
A ser verdade o que a notícia transcreve parece que no reino da marinha o mais importante é demonstrar a sua autoridade. E, digo eu, se a AMAP movesse uma acção junto das entidades judiciais, de cá ou da Europa, a exigir indemnização por perdas prováveis? 

Comentários