O amor versos dedicação.


Alguns de nós possuem animais domésticos e, com a ocupação da vida quotidiana, não lhes dedicamos a atenção merecida.
A alteração da vida laboral para a condição de reforma permite que liguemos importância a situações que antes nos foram despercebidas.
Vou procurar transmitir-vos uma constatação pessoal que, ao longo de algum tempo, venho apreciando e confirmando.
Pertenço ao grupo dos que sempre possuíram animais e, relacionado com o que acima afirmei, não resisto a partilhar convosco uma situação já muito confirmada.
Todos temos passado por situações que nos provocam um estado de alteração nervosa ao ponto de sobrevir a falta de sono, facto que muitas vezes procuramos dissimular da atenção dos que nos estão próximos, até para não lhes transmitirmos o mesmo estado de ansiedade.
Acontece que, perante um animal que também nos é próximo, esta dissimulação não funciona e, por qualquer motivo, ele ali está a dar-nos a conhecer que sabe bem que estamos preocupados.
Isto mesmo já se passou comigo algumas vezes.
A condição humana inventou, para explicação de situações deste tipo, a palavra amor, no caso que vos procuro relatar só existe uma outra palavra, DEDICAÇÃO.

Comentários