Escola de Peniche apresenta receitas para cozinhar com insectos


Vai um petisco com insectos? A Proposta é dos estudantes do curso de Restauração e Catering da Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar
Edição de: 
Sexta, Dezembro 13, 2013(Diário de Leiria)
Cookies de tenébrios, gafanhotos e grilos com chocolate temperado com pimenta e zophobas fritas picantes. A ementa é proposta pelos estudantes do curso de Restauração e Catering da Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar (ESTM) do Instituto Politécnico de Leiria (IPLeiria), que se lançaram na aventura de cozinhar insectos, dando corpo a um “projecto visionário que antecipa uma prática gastronómica que utiliza os insectos como ingrediente principal na confecção de refeições”.
“O nosso papel é o de participar de forma activa nesta nova ‘tendência culinária’, desenvolvendo receitas em que os insectos são o principal ingrediente. Este conceito já veio para ficar, apesar de existirem muitas pessoas que nem gostam de ouvir falar no assunto”, diz Patrícia Borges, docente da ESTM e mentora do projecto. A docente acredita que a receptividade poderá aumentar e que, no futuro, certamente surgirão mais projectos de outras instituições do ensino superior, de escolas e da indústria alimentar.

Comentários