A pesca recreativa é mais prejudicial do que se pensava



“Um total de 10 por cento dos adultos que vivem em países desenvolvidos pratica a pesca recreativa, que no mar Mediterrâneo representa cerca de 10 por cento da produção total da pesca. Apesar de sua importância, esta pesca não é tão controlada ou estudada como a pesca profissional. Pela primeira vez, um estudo examina esta actividade, cujos efeitos são cada vez mais semelhantes ao de pesca tradicional. Por esta razão, os cientistas exigem maior controle”.

"Ambos os tipos de pesca podem ter efeitos biológicos e ecológicos semelhantes nas populações de peixes e sobre os ecossistemas marinhos"

Para mais pormenores:
http://www.sciencedaily.com/releases/2015/01/150109101045.htm?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+sciencedaily%2Fplants_animals%2Ffisheries+%28Fisheries+News+--+ScienceDaily%29

Comentários