Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2015

PENSE GRANDE SNR. PRESIDENTE

Imagem
Pense que a zona, que hoje pertence à actividade da pesca, onde está a querer construir a marina, poderá vir ainda a ser reutilizada na mesma actividade, porque, estando e continuando, como queremos, voltados para o mar, talvez os nossos vindouros venham a ser capazes de fazer uma coisa, que nós não fizemos, quiçá pensar e revitalizar a actividade da pesca.
Pense que o que acabou por ser feito de um dos sonhos que tivemos, nós penicheiros, seria ter o fosso da muralha devidamente aproveitado e deu no que deu.
Pense que não devemos encavalitar umas coisas nas outras e ainda uma não está repensada e já estamos a querer encavalitar no mesmo espaço mais uma.
Pense no estado em que está o nosso molhe oeste, que terá, mais ano menos ano, que ser reparado de vez, a ponto de já ter sido alvitrado fazer-se uma lomba de rebentação externa para sua protecção.
Pense que 80% dos materiais que compõem parte do citado molhe são recuperáveis para mudar de sítio.
Pense que o istmo de Peniche não pode supor…

NA CAMBÔA A HISTÓRIA É OUTRA

Imagem
Na Cambôa a história é outra, enquanto a praia não tiver mais dois metros de altura de areia não haverá obra que resista. O mar continuará a partir contra a casa do Salva Vidas e a devastar o médão. A solução continua à vista, reter a areia na praia através de um esporão em condições. Porra!

O PRIMEIRO TESTE DO QUEBRADO

Imagem
As obras realizadas pelo Estado ao abrigo do POOC- Plano de Ordenamento da Orla Costeira no quebrado, foram sujeitas ao primeiro teste. A obra realizada na zona mais abrigada ficou com um aspecto muito melhorado e dignificou o local. Na parte que respeita à rampa varadouro, sítio onde o abrigo natural começa a faltar a situação parece menos eficiente. O esporão que se observa na figura central talvez devesse ser mais prolongado.

O TÔMBOLO DE PENICHE

Imagem
Esquema de formação de um tômbolo. Repare-se que por acção das correntes  marítimas se acumulam, entre uma pequena ilha e a orla continental grandes quantidades de sedimentos arenosos que, acabando por emergir, formaram um istmo que faz a ligação ao território continental. É a este istmo arenoso, ligando uma ilha ao continente, que se dá o nome de tômbolo.

Tômbolo- pequena ilha rochosa ligada ao continente por um istmo – faixa resultante da acumulação de areias e seixos. A acumulação de areia, como aconteceu em Peniche, dá-se entre o litoral e uma ilha próxima. No caso dos manterias acumulados emergirem a ilha fica ligada ao continente por uma faixa arenosa a que damos o nome de Tômbolo.
No nosso caso o tômbolo arenoso começa nos portões de Peniche de Cima e acaba em Porto de Lobos. Esta situação pode ser instável se não for devidamente protegida, pelo que se torna fundamental o fortalecimento das dunas, em especial na zona norte, onde se verifica o maior assédio da força do mar. Por isso…

O ESTACIONAMENTO DE AUTO CARAVANAS

Imagem
A propósito do sinal de trânsito que acima reproduzo e que a nossa Câmara inventou, fazendo a ridícula figura, que se imagina, perante as pessoas que conhecem alguma coisa da matéria. Experimente a colocar o caminho abaixo no seu computador e verifique que, de entre as dezenas de sinais oficiais existentes, não existe a invenção da nossa Câmara.
Não tenho dúvida em admitir que entre os auto caravanistas existem pessoas cujo civismo deixa muito a desejar, nem poderiam ser excepção relativamente a uma boa parte dos restantes automobilistas, o que me aflige é o facto de se estar a criar a fobia generalizada, do anti caravanismo, quanto ao estacionamento, quando, nas mesmas circunstâncias, vejo outros veículos de todas as espécies, até pertencentes a pessoas que tenho visto criticarem o estacionamento de auto caravanistas.
O fenómeno do auto caravanismo é imparável, tantos são os utilizadores do sistema, por isso me parece que as câmaras municipais conscientes e interessadas em aproveita…

ROTARY DISCUTE TEMAS DO INTERESSE DE PENICHE

Imagem
"O MAR - FONTE DE PRODUTOS ALIMENTARES: Inovação e oportunidades"
ESTÁ CONVIDADO
QUINTA-FEIRA NO AUDITÓRIO DO INSTITUTO POLITÉCNICO
21 HORAS

CONTINUA O ABATE DE PALMEIRAS

Imagem
Mais duas palmeiras foram abatidas esta manhã. Pelo visto é uma espécie a banir da nossa cidade. A competência dos serviços camarários só dá para destruir e disfarçam a sua incompetência fazendo crer que as árvores estão ocas por dentro. Ocas estão as cabeças de quem propagandeia estas balelas para encobrir a tal incompetência.

Os peixes movendo-se em direcção aos pólos a uma velocidade de 26 quilômetros por década

Imagem
"Ilhas do Caribe (banco)."Os trópicos serão os perdedores globais", diz William Cheung, professor associado no Centro UBC Pescas e co-autor deste estudo."Esta área tem uma elevada dependência de peixe para a alimentação, dieta e nutrição.Vamos ver uma perda de populações de peixes que são importantes para as pescas e as comunidades dessas regiões ". Crédito: © jovannig / Fotolia Um grande número de peixes desaparecerá dos trópicos em 2050, conclui um novo estudo da Universidade de Britsh Colômbia, que analisou o impacto das alterações climáticas sobre os recursos haliêuticos. O estudo identificou locais específicos dos oceanos para extinção de peixes locais, mas também descobriram que mudanças de temperatura irão conduzir mais peixe para o Ártico e águas antárticas. Usando os mesmos cenários de mudanças climáticas como o Painel Intergovernamental Sobre as Alterações Climáticas, os pesquisadores projectaram uma mudança em larga escala de peixes e invertebrados mar…