É NATAL


Nesta época reflexiva para todos nós, também dediquei algum do meu tempo a ponderar o que tem sido dito através deste meu blogue. 

Entendo que é evidente o motor de toda esta ansiedade em transmitir o que, por vezes, me vai na alma, o amor que tenho à minha terra. 

Reconheço o ardor que coloco em muitos dos meus escritos, porém, ele deve-se mais à consideração em que tenho a minha terra do que pretender atingir quem quer que seja, sem prescindir da minha crítica quando entendo oportuna.

Aos que têm a bondade de ir seguindo aquilo que chamarei de minhas reflexões, tanto em atitude de apoio, como em sentido crítico, deixo a minha gratidão.

E como aos 80 anos não é altura de se mudar nada, continuarei na mesma linha de expressão.

A todos vós, do coração, desejo:

UM FELIZ NATAL

Comentários