A PANACEIRA PARA A PESCA



Área de actuação

Descrição da área e seus principais desafios :


O Oeste região consiste em várias comunidades de pescadores dedicados principalmente às actividades de pequena escala e colectores como a colecta de mariscos, algas, mexilhões e cracas, usando principalmente pequenas embarcações. Há, no entanto, dois municípios, Peniche e Nazaré, que actuam como centros polarizadores da actividade de pesca e atrair mão de obra qualificada, investimentos, equipamentos e infra-estrutura de negócios. Seus portos são muito importantes no contexto das organizações regionais e nacionais de pesca, em termos de tonelagem, valor do peixe desembarcado e no número de navios ou pescadores.
População: 55 931 Emprego na pesca: 4 090
Superfície / km ²: 2 200 costeiras ou interiores: costeira
Densidade Populacional / Habitantes / km ²: 159 áreas protegidas: a Lagoa de Óbidos e da Reserva Natural das Berlengas
Foco principal da estratégia FLAG
Transformar a população em locais de pesca em uma comunidade sustentável: economicamente competitiva, social e culturalmente desenvolvida, empreendedora e dinâmica, com elevados padrões de treino de habilidades e profissional, dedicado a várias actividades com base em uma exploração de baixo impacto dos recursos mais valiosos marinhos
Gestão Ambiental (1-5, onde 5 é de alta prioridade e um é de baixa prioridade) : 3
Melhorar a competitividade do sector das pescas (1-5): 5
Diversificação para outras actividades (1-5): 4
Outros: Valorizar o património social e cultural
Exemplos de projectos e idéias
- Aumentar a competitividade das actividades de pesca - Rota do Património Cultural e Pesca do Oeste
- Rede de Apoio Social para a População das Pescas
Parceria :
Levar Parceiro / Pessoa Jurídica Responsável: ADEPE - Associação de Desenvolvimento de Peniche.

Outros importantes atores / organizações na parceria : Associação de Armadores e Pescadores da Nazaré, Associação dos Armadores Pela da Pesca Local, Costeira e Largo da Zona Oeste, Pela Associação Mútua Financeira Livre dos Armadores de Pesca Geral do Centro, Pelo Município da Nazaré, Pelo Município de Peniche e Pelo Sindicato dos Trabalhadores da Pesca do Centro, Mútua dos Pescadores, Instituto Politécnico de Leiria, FORMAR, Leaderoeste, Luís Silvério & Filhos SA e Nigel -Congeladora José Nicolau, Lda, a Cooperativa dos Armadores de Pesca Artesanal CRL, Cooperativa da Pesca Geral do Centro, CRL.
Ligações com LEADER: LEADEROESTE faz parte da parceria FLAG
% Dos agentes públicos: 27
% Dos atores da pesca: 60
% De outros (não-pesca) private / ONG atores do setor: 13
% De atores ambientais: 0
Número de indivíduos / organizações em parceria: 15
Número de indivíduos no corpo de tomada de decisões principais: 7
Número de pessoal contratado no PAVILHÃO: 2
Financiamento
Financiamento público total de 2007-2013: € 2 905 254
EFF: € 2 344 696
Outras entidades públicas: € 560 558
Privado: € 323 000
Contactos
Gerente FLAG:
Mónica Chalabardo
Outro contacto:
Presidente: Rogério Manuel Dias Cação
Endereço:
Grupo de Acção Costeira do Oeste, Av. Prof. Porto de Pesca, Lote C-11 2520 - 208 Peniche
E-mail:
rogério (at) cercipeniche.pt / gac.oeste (at) adepe.pt
Website:
http://www.adepe.pt/
Telefone:
+351 262 787 959
Fax:
+351 262 787 855
Línguas faladas:
Português, Espanhol, Inglês

Extraido do boletim - "EUROPEAN COMMISSION - FICHERIES FARNET 

Concluindo:
Procuramos perceber o que se pretende com este programa e o que se vai conseguir de útil à comunidade em geral, para além da meia dúzia de actores desta trágico-comédia.
Aguardamos pela publicação dos resultados que, certamente, vão ser tornados públicos.
A "Pesca" e Peniche, vão continuar adiados.

Comentários

  1. Caro Sr. João Avelar
    Registo com respeito a sua opinião. Lamento apenas que não se tenha procurado informar junto da Adepe ou da tal "meia dúzia" de actores. Também não o vi nas múltiplas ocasiões em que o GAC Oeste foi publicamente apresentado e discutido.Por desconhecimento ou simplesmente porque é mais fácil desenhar tragicomédias do que acreditar que é possível mudar. De qualquer modo, e pelo respeito que me merece a sua pessoa e consequentemente a sua opinião, fico à sua disposição para o esclarecer sobre o assunto.
    Um abraço,
    Rogério Cação

    ResponderEliminar
  2. Snr. Rogério Cação
    Li o seu comentário e em resposta, apesar de não ter o hábito de comentar comentários, não posso deixar de, excepcionalmente, esclarecer o seguinte:
    a)- Este remendo, porque é disso que se trata, nada vai adiantar face à situação a que chegou a pesca na nossa terra.
    b)- Não tenho que pedir esclarecimentos quando os números estão claros e, com eles, não vejo que seja possível alguém conseguir alterar a situação a que se chegou. Apenas se vão tapar alguns buracos que nada contribuirão para a solução de fundo que se pretende e espera.
    c)- Agradeço a sua disponibilidade para esclarecimento pessoal, mas prefiro aguardar a publicação dos resultados da aplicação desta acção.
    Aceite os meus respeitosos cumprimentos,
    João Avelar

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Este blogue não responde a comentários anónimos e apenas responde a perguntas dos comentadores.