A MUDANÇA CLIMÁTICA INFLUENCIA A PESCA


15 Maio de 2013 - A mudança climática vem influenciando a pesca global nas últimas quatro décadas com as espécies dirigindo-se em direcção a águas mais frias e mais profundas, de acordo com cientistas da Universidade de British Colúmbia.

Num estudo da natureza publicado esta semana, os pesquisadores UBC utilizando preferências de temperatura de peixes e outras espécies marinhas, com uma espécie de "termómetro", para avaliar os efeitos das mudanças climáticas sobre os oceanos do mundo, entre 1970 e 2006.

Eles descobriram que as capturas globais de pesca são cada vez mais dominadas por espécies de água quente, como resultado de migração de peixes em direcção aos pólos, em resposta ao aumento das temperaturas do oceano.

"Uma forma de animais marinhos responderem ao aquecimento do oceano movendo-se para regiões mais frias", diz o principal autor do estudo William Cheung, professor assistente no Centro de Pesca da UBC. "

Como resultado, lugares como Nova Inglaterra, na costa nordeste de os EUA viram novas espécies, normalmente encontradas em águas mais quentes, mais próximas aos trópicos.

"Enquanto isso, nos trópicos, a mudança climática significa menos espécies marinhas e as capturas reduzidas, com sérias implicações para a segurança alimentar".

"Nós temos falado sobre a mudança climática como se fosse algo que vai acontecer no futuro distante - o nosso estudo mostra que vem afectando nossas pescas e oceanos por décadas", diz Daniel Pauly, investigador principal para o Mar da UBC Around Us projecto e do estudo co autor.

 "Essas mudanças globais têm implicações para todos, em todas as partes do planeta."

Comentários