ANO DE 2017 - A SITUAÇÃO A QUE CHEGOU A MINHA TERRA


A minha terra tem vindo a perder potencial económico, desde logo perdendo importância como porto de pesca, passando de 2º (às vezes 1º) a nível nacional para 6º.

Culturalmente temos decaído comparativamente com os concelhos vizinhos.

As obras que se preconizavam como fulcrais para o desenvolvimento local, ou não se concretizam ou, quando acontecem ficam incompletas ou com alterações que lhe alteram o sentido inicial.

Transformamo-nos numa localidade desordenada, imunda e sem motivos de atracção de gente que possa contribuir para o seu desenvolvimento.

A orientação política reinante é o que se considera alinhar por baixo, colocando interesses partidários e pessoais à frente dos da nossa cidade.

Todo este panorama implica uma descrença da população, que não reage e se entrega acomodaticiamente ao deixa andar para onde é conduzida, face ao folclore e efeitos propagandísticos de quem nos tem governado.

Será que vamos continuar nesta senda de gente amorfa, sem o mínimo interesse por tudo o que está a acontecer?

PRAZER SILENCIOSO!

O anoitecer da nossa ilha são momentos de prazer silencioso!

Cartão de Visita do Facebook