Mensagens

A mostrar mensagens de Agosto, 2011

A PANACEIRA PARA A PESCA

Imagem
Área de actuação
Descrição da área e seus principais desafios :


O Oeste região consiste em várias comunidades de pescadores dedicados principalmente às actividades de pequena escala e colectores como a colecta de mariscos, algas, mexilhões e cracas, usando principalmente pequenas embarcações. Há, no entanto, dois municípios, Peniche e Nazaré, que actuam como centros polarizadores da actividade de pesca e atrair mão de obra qualificada, investimentos, equipamentos e infra-estrutura de negócios. Seus portos são muito importantes no contexto das organizações regionais e nacionais de pesca, em termos de tonelagem, valor do peixe desembarcado e no número de navios ou pescadores.
População: 55 931 Emprego na pesca: 4 090
Superfície / km ²: 2 200 costeiras ou interiores: costeira
Densidade Populacional / Habitantes / km ²: 159 áreas protegidas: a Lagoa de Óbidos e da Reserva Natural das Berlengas
Foco principal da estratégia FLAG
Transformar a população em locais de pesca em uma comunid…

Metade de todo o peixe capturado no Mar do Norte é lançado de volta ao mar, morto.

Imagem
Metade do que está dentro deste saco irá ser devolvido ao mar já morto. Trata-se, portanto de um crime contra os interesses da humanidade, não só pela poluição que provoca, como pelo prejuizo que causa ao delapidar a capacidade de regeneração dos stoks de pesca. Esta situação também se passa nas nossas águas. O mal de tudo isto está no interesse económico de organizações poderosas. Cabe-nos a nós ajudar na luta contra estes criminosos. Se está interessado em colaborar nesta luta pela salvação dos stoks, de que dependem tantos de nós, fica à disposição o endereço onde é possivel subscrever uma petição de repúdio desta situação.
http://pongpesca.wordpress.com/2011/08/03/a-pong-pesca-associa-se-a-campanha-hughs-fish-fight/

A PRAIA DE PARIS

Imagem
(Clique na foto para aumentar) A Câmara de Paris, preocupada com o bem estar dos seus munícipes, instalou uma praia ao longo dos cais do rio Sena.
Em Peniche ninguém se preocupa com o paulatino desaparecimento da Praia da Cambôa