A EXPEDIÇÃO NAS BERLENGAS

(Foto: TSF- Ricardo Oliveira Duarte)
Mais de cem espécies novas nas águas das Berlengas

"O chefe da expedição científica às Berlengas disse à TSF que estão a ser descobertas cerca de dez espécies novas por dia nas águas da região.
A expedição científica às Berlengas, que está a investigar o que há no mar à volta do pequeno arquipélago ao largo de Peniche, descobriu mais de cem espécies novas neste local.
«Pelo menos surgem por dia dez registos novos de espécies que nunca tinha sido observadas aqui nas Berlengas», afirmou o chefe desta missão, em declarações à TSF.
A bordo do navio Creoula, Frederico Dias explicou que esta situação não surpreende os investigadores e adiantou que «uma das razões porque viemos fazer esta missão é que percebemos que havia uma grande falta de informações».
«Suspeitávamos que isto ia acontecer, ou seja, que ainda há muito por descobrir e para conhecer sobre a biodiversidade marinha das Berlengas», acrescentou.
Entre as novas espécies descobertas, estão os «organismos briozoários, que são animais que formam colónias
 enormes e que muitas vezes parecem plantas, mas de facto são animais»."

Estou em crer que a desactualização era grande.


Comentários