SERÁ ATOARDA ELEITORAL? SÓ PODE!


Está a ser propagandeada em larga escala a construção de um mega empreendimento na área indicada na foto acima, situado na parte da Quinta dos Salgados mais próxima da praia dos Supertubos. A sua base principal será, imagine-se, uma grande piscina de ondas, o que trará à população de Peniche uma mais-valia muito grande dado que, assim, não temos que nos deslocar tanto, para usarmos a benesse de utilizar as ondas como lazer. Um investimento de sessenta milhões de euros num parque temático relacionado com a actividade de lazer através das ondas é coisa que preencherá a ambição de uma população como a nossa, já que, quem vem de fora preferirá, naturalmente, usar as praias que temos.
Eu penso que exactamente a meio da área designada passa o Rio de São Domingos que é a grande e principal linha de água que atravessa o nosso concelho, ou será que do mesmo plano constará o seu desvio para a Praia de S. Bernardino?
Enfim, tudo é possível quando a vontade é grande. Ou será que o único objectivo é alterar o Plano Director?

Para maior esclarecimento aqui está o caminho:

PENICHE MINHA TERRA (Desde a Gruta da Forninha até à Praia do Porto da Areia Sul)















































Mais uma vez apresento a minha terra, na continuidade do que fiz em Outubro do ano passado, agora continuando o caminho interrompido na Praia do Cabo e começando na Gruta da Forninha até à Praia do Porto da Areia Sul.

FAROL DO CABO CARVOEIRO (Imagens e elementos da sua história)















O Farol do Cabo Carvoeiro faz parte do grupo de seis faróis mandados edificar pelo alvará pombalino de 1 de Fevereiro de 1758 que criou o Serviço de Faróis em Portugal.
Entrou em funcionamento em 1790, sendo um dos mais antigos da costa portuguesa.
O farol situa-se a uma altitude de 57 metros acima do nível do mar, e tem uma altura de 27 metros.
A sua luz tem um alcance de, aproximadamente, 15 milhas náuticas.
O aparelho lenticular de 3ª ordem foi substituído em 1923 por um girante de 4ª ordem, passando a apresentar quatro relâmpagos em substituição da luz fixa, mas mantendo a luz vermelha.
A fonte de energia do aparelho iluminante passou a ser o gás em 1947 e em 1952 foi instalada a lâmpada eléctrica.
Em 1988 foi automatizado com instalação de um novo aparelho óptico iluminante composto de um tambor com ópticas seladas, do tipo das utilizadas nos automóveis, fixas nas faces de um prisma hexagonal.
Encontra-se a funcionar neste local a estação DGPS do Carvoeiro, na frequência de 311.5 kHz, inaugurada a 9 de Dezembro de 2002.

PRAZER SILENCIOSO!

O anoitecer da nossa ilha são momentos de prazer silencioso!

Cartão de Visita do Facebook