Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2015

O RATO PRETO DA BERLENGA

Imagem
Mais uma vez, a levar em conta o que tenho visto escrito e de que não tenho motivos para duvidar, antes pelo contrário, se põe a questão de que qualquer grupelho que se lembre, desata a mandar e executar o que lhe dá na real gana na república da Berlenga. Não quis tomar partido na matéria sem procurar informação sobre o assunto e, ao que parece, há motivos suficientes para a nossa edilidade tomar posição, se é que pode e quer. Para além dos produtos químicos utilizados é urgente defender a biodiversidade daquele local e, portanto, há necessidade de, pelo menos, parar para pensar. Ou será que ficamos à espera que apareça uma câmara de televisão para ficarmos no boneco?

A PESCA TEM MAIS UMA OPORTUNIDADE

Imagem
Findo que está o prazo de vigência (2007/2013) dos programas de apoio que a Comissão Europeia, manteve à disposição das comunidades piscatórias da Europa, importa analisar o que a comunidade piscatória de Peniche, soube beneficiar em prol da reestruturação e desenvolvimento da sua frota piscatória. Com base nas suas vertentes designadas por Eixo 2, Eixo 3 e Eixo 4 foram postos ao dispor dos respectivos candidatos as verbas necessárias para apoio a medidas de acrescentamento de valor do pescado, para reestruturação das empresas de pesca, para a comercialização das suas capturas e procura de novos mercados. Foram sete anos que teriam sido suficientes para que fosse visível qualquer melhoria na evolução positiva da nossa situação como um importante porto de pesca. O texto, que abaixo se reproduz, foi extraído de FARNET Magazine n°12 - Spring-Summer 2015, onde a Comissão dá conta do que foi feito e aponta os objectivos atingidos: “Um dos quatro principais objectivos do Eixo 4 é "agre…

VAMOS PASSEAR COM A ARMÉRIA

Imagem

FISH TOUR

Imagem
Finalmente consegui obter resposta à minha insistente consulta ao sítio www.fishtour.pt
E porquê a minha insistente consulta, porque a minha curiosidade e interesse em que se dêem passos no sentido de fazer mexer algo à volta da pesca, procurando-a retirar do estado de estagnação e acrescentar-lhe algum valor e interesse, assim o obriga.
Deparei com um trabalho com excelente aspecto gráfico, imagens bem conseguidas, uma boa clareza na escrita, que são o resultado de trabalho bem conseguido.
Porém a resposta à minha dúvida de como se conseguiria, na prática, concretizar a ideia, que considero imaginativa e interessante, é que não obtive resposta cabal, permanecendo por resolver o principal factor, como consta do último parágrafo do relatório apresentado e que reproduzo:
“No entanto, a maior dificuldade que será necessário tem em consideração a quando do lançamento comercial deste produto consiste na baixa previsibilidade dos dias e horas de partida das traineiras de pesca. Com efeito, …