ESTÁ EM CURSO A OBRA DE RECUPERAÇÃO DO FOSSO DA MURALHA





Está iniciada, finalmente, a obra que constituiu durante anos o sonho da população. Esperamos que não venha a ser objecto das costumeiras alterações caseiras ao projecto inicial para que não sejam desvirtuados os objectivos. Esta é uma oportunidade de recuperação da zona mais degradada da cidade que se pode tornar numa bela sala de recepção de quem nos procura e um excelente complemento do Parque da Cidade.

A NOSSA SALA DE VISITAS (Julho 2010)





O terminal rodoviário de uma cidade equivale à sala de nossas casas, onde recebemos os amigos e convidados e, através dela, dizemos algo de nós, não só no aspecto económico como, também, no asseio e ordem em nossas vidas. As fotos que acima estão reproduzidas, por gentileza do Carlos Tiago, mostram o estado da sala de visitas da nossa cidade, logo, começam por transmitir, a quem nos visita e não só, a forma como cuidamos da nossa casa. Mesmo que não se queira dispensar algum conforto aos que nos visitam, o que consideramos profundamente errado, devemos dispensar aos nossos concidadãos um pouco mais de atenção.

MAIS UM EPISÓDIO TRISTE NA HISTÓRIA DO NOSSO HOSPITAL


Finalmente a Ministra da Saúde parece que deixou de jogar ao gato e ao rato com a população de Peniche e, de uma vez por todas, anunciou aquilo que já estava na mente de quem nos governa, veja-se nos escritos anteriores o que, sobre este mesmo assunto, foi dito e a surpresa deixa de existir. Há muito que outros se perfilavam na defesa dos seus interesses e conseguiram levar a água ao seu moinho comendo as papas na cabeça dos tolos. Afinal não há hospital novo para construir, agora umas obras de ampliação do actual hospital de Caldas da Rainha é quanto basta, apesar de o actual director do CHON já haver opinado que tal não resolve o problema que daqui a dez anos voltará a colocar-se. Entretanto a população da nossa terra vai ficar descansada porque vai ter ao seu dispor uma ambulância que a transporta em vinte minutos até ao fim do IP6 e depois de mais vinte para atravessar as Caldas chegará ao hospital, em que estado, não se sabe. Com tudo isto Alcobaça foi beneficiada com os equipamentos que pertencem ao nosso hospital, que parece continuar em plano inclinado e à espera do que ainda por aí vem. SERÁ QUE CADA UM TEM O QUE MERECE, não, não é assim, o que temos é sido bem enganados, mas talvez ainda tenhamos, se não voltarmos a ser tolos, a ter oportunidade de reclamar por justiça.

PRAZER SILENCIOSO!

O anoitecer da nossa ilha são momentos de prazer silencioso!

Cartão de Visita do Facebook